Notícias

6/recent/ticker-posts
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI

Custo social do álcool será tema de audiência pública na Assembleia Legislativa


Os danos causados pelo consumo do álcool serão tema de audiência pública na Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa gaúcha na manhã desta segunda-feira (16). O encontro proposto pelo deputado Carlos Gomes (PRB) deverá reunir representantes do poder público, instituições e entidades de saúde e educação e parlamentares.
Na audiência será proferida palestra pelo delegado de Polícia Federal José Francisco Mallmann, ex-superintendente da PF e ex-secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul. O delegado é autor da Operação Lei Seca, criada em 2007 no Estado e disseminada posteriormente em todo o País.
Mallman aponta a relação entre a ingestão de bebidas alcoólicas e a incidência de homicídios, acidentes de trânsito e violência doméstica. Também destaca que é entre 23h e 5h que essas ocorrências são mais frequentes.
O desafio maior, de acordo com o delegado, é disciplinar legalmente o comércio e consumo de álcool em horários críticos. "Uma das maiores dificuldades em alterar a legislação reside no comprometimento de agentes públicos com a indústria do álcool, pois já foi noticiado que cerca de 70% dos congressistas brasileiros receberam ajuda desse segmento para suas campanhas", observa. Mallmann defende a criação de um fundo especial para a recuperação das vítimas do álcool, a ser mantido pela indústria de bebidas alcoólicas."Observamos a obtenção de lucro das empresas com o consumo de álcool, enquanto o Estado e a sociedade ficam com o ônus do alcoolismo. É o contribuinte quem paga pelos danos advindos do vício", alertou.
Também está confirmada a presença do psiquiatra e psicanalista Sergio de Paula Ramos, membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Estudos sobre o Álcool e outras Drogas (Abead). A audiência pública tem início às 9h30 na sala Prof. Dr. Sarmento Leite - 3º andar do Palácio Farroupilha (Praça Marechal Deodoro, 101 - Centro Histórico, Porto Alegre).



Fonte: Assessoria de Imprensa
Postado por Levi de Oliveira