Na manhã desta terça-feira dia 10 de Dezembro a aluna Élevin Carlise de oliveira do 5º ano do ensino fundamental da Escola Padre Benjamin Rosatto entregou aproximadamente setecentas (700) tampinhas para a Diretora Cristiane Rockemback e a professora Juline Carla Binsfeld.

   Segundo Élevin Carlise “isso só foi possível graças à ajuda dos meus pais, avós, dindas, tias, e pessoas que colaboravam comigo guardando e doando pra mim diariamente, assim consegui contabilizar esta grande quantidade de tampinhas, ajudando no projeto e colaborando com o meio ambiente” finalizou a aluna que planeja para o próximo ano reunir ainda mais.

    No estado do Rio Grande do Sul o projeto Tampinha Legal existe desde outubro de 2016, quando foi criado durante o Congresso Brasileiro do Plástico, e é encabeçado por três sindicatos da indústria. – Simplast, Simplás e Simplavi.

    O projeto Tampinha Solidária desenvolvido no município de Cristal do Sul visa à coleta de toda e qualquer tampinha plástica em prol do meio ambiente e ajudar instituições, mas, além disso, visa desenvolver nos alunos e em toda a comunidade valores relacionados à ajuda mútua, o ser solidário, uma vez que tanto o projeto da educação Fiscal e a Nota Fiscal Gaúcha têm essa mesma visão.

    As tampinhas recolhidas estão sendo selecionadas por cor, pois assim a empresa coletora paga mais centavos pelo quilo. A escola com a parceria da coordenação do projeto da Educação Fiscal, Nota Fiscal Gaúcha ainda está vendo para qual empresa irá vender, o dinheiro recolhido será repassado ao Hospital de Rodeio.

   Segundo a professora Juline “o projeto conta muito com a ajuda da comunidade, além de outras pessoas parceiras, mas queremos destacar aqui o grande empenho da aluna Élevin Carlise pelo grande número de tampinhas arrecadadas e demais alunos que colaboraram neste projeto” frisou a professora Juline. 


Postar um comentário:

0 comments: