Alunos de escolas do RS superam média nacional na Prova ABC

Foram divulgados nesta semana os resultados da segunda edição da Avaliação Brasileira do Final do Ciclo de Alfabetização (Prova ABC), que avalia a alfabetização em todo o país. No Rio Grande do Sul, o teste foi aplicado em 47 escolas públicas e privadas, dividido em três aspectos: leitura, matemática e redação. Em todos eles, o resultado obtido no estado superou a média nacional.

Mais de 52% dos alunos do terceiro ano superaram a pontuação máxima em leitura, demonstrando, entre outras coisas, que conseguem identificar temas de uma narrativa e características de personagens em textos. A média nacional foi 44,5%. Em um pacto nacional, o Governo Federal definiu que toda criança deve estar plenamente alfabetizada até os oito anos de idade ou até o terceiro ano do Ensino Fundamental.
No estado, quase 40% apresentaram capacidade adequada em matemática, tendo, por exemplo, domínio de adição e subtração e habilidade para resolver problemas envolvendo cédulas e moedas. A média nacional foi 33%. Em escrita, 35% superaram o desempenho esperado ao fazerem uma redação, contra a média nacional de 30,1%.
A avaliação foi elaborada em uma parceria do Movimento Todos Pela Educação com o Instituto Paulo Montenegro/Ibope, a Fundação Cesgranrio e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).