PROGRAMAÇÃO AO VIVO APARTIR DAS 6:00 DA MANHÃ.
MPA ESTA PROMOVENDO ENCONTRO ESTADUAL EM LAGEADO BONITO SEBERI « Rádio Coletiva

Radio

quinta-feira, 25 de junho de 2015

MPA ESTA PROMOVENDO ENCONTRO ESTADUAL EM LAGEADO BONITO SEBERI

quinta-feira, 25 de junho de 2015 - by radiocoletiva105.9 0

Inicia debate sobre o direito camponês de produzir, comer e vender alimentos saudáveis
No primeiro dia de Encontro esteve em pauta a atual conjuntura do país
Iniciou ontem, 25, o Encontro Estadual do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) na sede da comunidade da Linha Lajeado Bonito, em Seberi/RS. Camponeses de todo o Rio Grande do Sul chegaram na manhã de ontem na localidade para juntos debater e construir novas propostas sobre o direito do camponês de produzir, comer e vender alimentos saudáveis. Somente durante o período da tarde de ontem, 24, mais de trezentos e cinquenta camponeses de todo o estado gaúcho participaram do encontro estadual.
Marcelo Leal, da direção nacional do MPA oficializou o início do Encontro e ressaltou a importância deste momento que é de preparação para o Congresso Nacional do MPA que acontecerá em outubro, no município de São Bernardo do Campo em São Paulo.
O prefeito municipal de Seberi, Renato Gemelli Bonadiman, em pronunciamento, destacou a importância da valorização dos jovens que permanecem no campo e deste momento proporcionado pelo Encontro, que visa discutir os rumos que a produção camponesa irá tomar. Ressaltou também a importância de se produzir alimentos agroecológicos na luta pela soberania alimentar.
A convergência entre objetivos dos movimentos (MPA E MST) foi destaque na fala de Cedenir de Oliveira, coordenador estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Ele ressaltou que na atual conjuntura não basta a terra, é preciso lançar ao camponês o desafio de cultivar a terra e produzir alimentos de qualidade, momento em que os objetivos dos Movimentos se cruzam.
Os debatedores da tarde Jorge Branco, do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT), Charles Reginatto, da coordenação nacional do MPA e Milton Viário da Federação dos Metalúrgicos, fizeram uma análise da atual conjuntura que vive o nosso país e discutiram quais os rumos que a agricultura camponesa deve assumir.
Plano Camponês em destaque
O tema central do debate desta manhã foi o Plano Camponês. Foram trazidos para a formação assuntos como a questão agrária no Brasil, a formação do campesinato brasileiro e o surgimento do Movimento dos Pequenos Agricultores.
Gerson Borges da coordenação estadual do MPA, um dos debatedores, questionou os camponeses presentes: “Mas afinal, quem somos nós, camponeses?” e trouxe respostas ao questionamento, relatando a colonização que ocorreu no Brasil e a formação múltipla do campesinato brasileiro, que agrega em si diversas culturas.
A debatedora Rosieli Ludtke da coordenação nacional do MPA destacou a necessidade de se criar um projeto de desenvolvimento da agricultura pensado pelos camponeses, uma vez que atualmente são os grandes proprietários de terra e produtores que definem como se encaminhará a agricultura no Brasil.
As ações desenvolvidas pelo MPA para a concretização e experimento de projetos agroecológicos foi a pauta da fala de Débora Varoli e Miquéli Sturbelle Schiavon, ambos da coordenação estadual. Eles trouxeram aos camponeses de todo o Estado uma síntese das ações que estão sendo viabilizadas pelo MPA. Foi elencado o resgate das sementes crioulas, a extensão rural, a utilização das ervas medicinais, as cooperativas, as agroflorestas, a utilização de farinhas de rocha e biofertilizantes e a formação como instrumento para elevar o nível de consciência sobre o processo produtivo agroecológico.
Pelo direito de produzir, comer e vender alimentos saudáveis
É por esse direito que os camponeses Sirlei e Eli lutam. Eles residem na Linha Progresso, na zona rural do município de Seberi e trabalham com a terra há mais de quinze anos.
A Sirlei é encarregada de fazer a feira na zona urbana do município. Toda a semana leva as diversas hortaliças e doces que produz com dedicação para a feira e vende para os munícipes seberienses. Relata a camponesa que a venda é satisfatória, mas reforça a necessidade de se criar uma consciência na sociedade em relação aos produtos agroecológicos. A camponesa ressalta que a rentabilidade é maior, sem falar no ganho em saúde e qualidade de vida.
O casal pede pela facilitação da venda de seus produtos. Em relato eles destacam a dificuldade de vender alimentos como o melado, açúcar-mascavo e rapadura, produtos que fazem há anos, com muito cuidado e respeito pelas pessoas que irão consumir, afinal, o mesmo que vai para a sua mesa, é o que eles colocarão na tenda de alimentos que o consumidor poderá comprar.
Feira Livre no Encontro
Um espaço para a comercialização de produtos camponeses está disponível no Encontro Estadual do MPA. Lá os participantes e visitantes podem adquirir produtos artesanais, sementes e alimentos produzidos pelos próprios camponeses.
.
Confira a programação: 
DIA 26, sexta-feira

9h até 11h30min – Atuação do MPA nos próximos dois anos

Tags:


0 comentários:

© 2014 Rádio ColetivaTodos os Direitos Reservad