PROGRAMAÇÃO AO VIVO APARTIR DAS 6:00 DA MANHÃ.
Polícia prende mais um suspeito pela morte de Bernardo « Rádio Coletiva

Radio

sábado, 10 de maio de 2014

Polícia prende mais um suspeito pela morte de Bernardo

sábado, 10 de maio de 2014 - by radiocoletiva105.9 0

Evandro foi preso em Frederico Westphalen por volta das 14 horas deste sábado, 10 (Foto: Fábio Pelinson)

A Polícia Civil prendeu neste sábado (10) em Frederico Westphalen, no norte do Estado, mais um suspeito de envolvimento na morte do menino Bernardo Boldrini.Evandro Wirganovicz é irmão da assistente social Edelvânia, que está presa na penitenciária de Guaíba por participação no crime. Também estão detidos a madrasta do garoto, Graciela Ugulini, e o pai, o médio Leandro Boldrini.
A prisão temporária de Evandro foi decretada hoje pelo juiz Fernando Vieira dos Santos, de Três Passos. A polícia já investigava o envolvimento dele no crime já que uma semana antes do desaparecimento de Bernardo, Evandro foi visto por moradores nas proximidades do local onde o corpo foi encontrado.
"Deve-se ponderar que o representado teria estado no local antes do assassinato de Bernardo, o que pode indicar, desse modo, a premeditação do fato", disse o magistrado.
O juiz também argumentou que, como o terreno em que foi ocultado o corpo do garoto é de difícil escavação, a presença de um homem na cena do crime é algo verossímil. A polícia pediu a prisão do irmão da assistente social por temer que ele fosse fugir.
Neste sábado, a polícia foi primeiramente na casa da mãe dele, em Cristal do Sul, mas não o encontrou. Depois, decidiu ir até o endereço de Evandro, em Frederico Westphalen, onde foi preso.
O inquérito sobre o assassinato do menino, ocorrido em 4 de abril, deve ser entregue à Justiça na terça-feira.

Caso Bernardo

Bernando Uglione Boldrini foi encontrado morto no dia 14 de abril, após dez dias desaparecido. O corpo do jovem estava em um matagal, enterrado dentro de um saco, na localidade de Linha São Francisco, em Frederico Westphalen. O menino morava com o pai, a madrasta e uma meia-irmã, de 1 ano, no município de Três Passos.
O pai chegou a afirmar que o garoto havia retornado com a madrasta de uma viagem a Frederico Westphalen, no dia 4, quando teria dito que passaria o final de semana na casa de um amigo. Bernardo deveria voltar no final da tarde do dia 6, o que não ocorreu.
Após dez dias de investigações, foram presos o pai, a madrasta e uma amiga dela. A suspeita é de que o menino tenha sido morto com uma injeção letal. Em entrevista coletiva, a delegada Virgínia Bamberg Machado, responsável pelo caso, afirmou não ter dúvidas do envolvimento dos três na morte de Bernardo.

Fonte: Rádio Gaúcha
foto Jorna O Alto Uruguai

Tags:


0 comentários:

© 2014 Rádio ColetivaTodos os Direitos Reservad