PROGRAMAÇÃO AO VIVO APARTIR DAS 6:00 DA MANHÃ.
Dnit constata problema em viga na ponte que liga RS e SC « Rádio Coletiva

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Dnit constata problema em viga na ponte que liga RS e SC

quinta-feira, 28 de novembro de 2013 - by radiocoletiva105.9


Autarquia vai contratar empresa para fazer reparo na estrutura sobre o rio Uruguai

Ponte sobre o rio Uruguai tem problema numa das vigas<br /><b>Crédito: </b> Agostinho Piovesan / Especial / CP
Ponte sobre o rio Uruguai tem problema numa das vigas
Crédito: Agostinho Piovesan / Especial / CP
Após levantamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) na ponte sobre o rio Uruguai – que liga o município gaúcho de Iraí ao de Palmitos (SC) –  foi constatado um problema numa das vigas. A vistoria, realizada por técnicos de empresa contratada pela autarquia, teve início no dia 13 e foi concluída nessa quarta.

Segundo o supervisor regional do Dnit em Cruz Alta, Luiz Augusto Bassani, a partir das medições e filmagens na estrutura foi possível confirmar um problema numa das vigas de 25 metros de comprimento, mas que não é considerado grave. “É possível que um dos cabos de aço tenha rompido em razão da carga excessiva à que a ponte, de 43 anos de existência, esteja sendo submetida”, explicou.

Bassani relatou que ontem, após receberem relatório do levantamento, projetistas especializados em pontes do Dnit, em Brasília, concluíram sobre a existência do problema. Ele adintou que, a partir disso, há necessidade de intervenção. “O problema não é grave, uma das vigas está cedendo mais do que as demais, e agora será contratada, de forma emergencial, uma empresa para realizar os reparos", informou.

Pela ponte trafegam normalmente carros de passeio e caminhões de até 57 toneladas. A passagem, em intervalos de cinco minutos, é feita em meia pista desde que os motoristas relataram que a estrutura "balançava".

Proibido trânsito de bitrens 

Na manhã desta quinta-feira, o Dnit proibiu o trânsito de caminhões bitrens (de grande porte com dois semi-reboques) sobre a ponte. O tráfego para os demais veículos segue em meia pista, mas com velocidade reduzida de 40km/h. Segundo a autarquia, as medidas são preventivas e ocorrem até que as deformações encontradas na estrutura sejam reparadas. 


Fonte: Correio do Povo
Postado por Levi de Oliveira

Tags:


© 2014 Rádio ColetivaTodos os Direitos Reservad